sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Passado e futuro do FC Porto na Europa

Quatro vitórias, duas derrotas. Este é o saldo do FC Porto na fase de grupos da Liga dos Campeões. Com adversários - Chelsea, Atlético Madrid e APOEL Nicósia - que, à partida, motivaram alguma contenção e pragmatismo, a prestação dos portistas é francamente positiva. O clube conseguiu voltar a estar nos oitavos-de-final pela quarta vez consecutiva, o objectivo prioritário, e fê-lo com todo o mérito. É certo, no entanto, que o Atlético, em teoria o mais directo rival para o acompanhamento do super-favorito Chelsea no acesso à fase seguinte, nunca demonstrou ser um adversário à altura e, por isso, transitou para a Liga Europa com apenas três pontos conquistados - empates com APOEL, dois, e Chelsea. Seja como for, o FC Porto cumpriu a sua obrigação.

Comparemos, então, a prestação dos portistas com a época anterior. Em termos pontuais, igual. Em termos classificativos, pior. Tal como aconteceu agora, em 2008-09 o FC Porto averbou duas derrotas, com Arsenal (4-0) e com Dínamo de Kiev (0-1), naquela que foi a fase mais problemática na temporada dos dragões. As contas da qualificação complicaram-se mas a equipa soube dar a volta e ainda conseguiu ser primeiro do grupo com doze pontos somados, mais um do que o Arsenal. Esse posto permitiu-lhe, então, evitar equipas com maiores aspirações e que também haviam finalizado no primeiro lugar dos seus grupos. Esta temporada, é diferente: o Chelsea foi implacável e apenas cedeu dois empates quando tinha a qualificação assegurada. Pior, portanto.

Bordéus, Manchester United, Real Madrid, Fiorentina, Barcelona, Sevilha e Arsenal. Este é o grupo de clubes que se afiguram como possíveis adversários do FC Porto nos oitavos-de-final. Aquele que teoricamente será mais favorável? Nesta fase da competição, recorrendo a um chavão, não há adversários fáceis: foram primeiros dos seus grupos, estão na elite do futebol internacional e isso, por si só, é meritório. No entanto, olhando aos percursos de cada um deles, o Sevilha poderá ser um nome recebido com confiança, aquele que será mais do agrado dos portistas. A evitar, claro, os tubarões que ninguém quer ter como adversário: Barcelona, Manchester United e ainda Real Madrid.

1 Comentário:

Jornal Só Desporto disse...

Nesta fase ou mata-se ou morre-se e só lá anda de facto quem é grande.

FUTEBOLÊS © 2008 Template by Dicas Blogger.

TOPO