segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Liga ZON Sagres: Um momento inicial de júbilo do dragão


FC PORTO-BENFICA (5-0): O REGOZIJO DO DRAGÃO TRIUNFAL

Alerta vermelho no Benfica por Hulk: o Incrível foi marcando como um perigo iminente, uma bomba prestes a explodir, a estrela mais cintilante do FC Porto e levou Jorge Jesus a apostar em David Luiz, subindo Fábio Coentrão, para reforçar o lado esquerdo da sua defesa. Mudou. Fez uma adaptação. E foi precisamente por aí que começou a perder. Hulk furou. Velocidade, força, técnica e inteligência. O Incrível é forte, é desconcertante, é poderoso e David Luiz não resistiu. O passe saiu bem, à espera de um encosto, com metade do trabalho cumprido. Varela concluiu e abriu o Benfica, cravou a primeira espada no campeão, deixou os encarnados atacados, intranquilos, sem reacção. O dragão mostrou força, caminhou confiante, alargou o resultado. Precisou de mais doze minutos. Nova jogada pela direita do ataque azul, agora com Belluschi, cruzamento perfeito e desvio, num toque acrobático de calcanhar, de Radamel Falcao. Brilhante. É difícil escolher o melhor momento de um jogo tão bom, tão intenso e tão vibrante do dragão. Este foi um deles. E representou o golpe final na águia. O Benfica definhou.

NOTA: O Momento da Jornada é uma rubrica do FUTEBOLÊS, publicada antes da análise completa de cada ronda da Liga ZON Sagres. A imagem presente tem créditos da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

1 Comentário:

JornalSóDesporto disse...

Tal comop esperava vitória do FC Porto e fraca exibição do Benfica.

FUTEBOLÊS © 2008 Template by Dicas Blogger.

TOPO