domingo, 29 de agosto de 2010

Liga ZON Sagres: Um momento de cortar a respiração


BENFICA-V.SETÚBAL (3-0): ROBERTO, ANTES VILÃO E AGORA HERÓI, DEFENDE GRANDE PENALIDADE

Roberto foi tema de conversa durante toda a semana. Os erros contra o Nacional deixaram Jorge Jesus no limiar: manter a aposta no espanhol ou preferir colocá-lo de fora? Arriscar ou resguardar? A bem do jogador e, sobretudo, da equipa seria mais acertado fazer avançar um substituto, Júlio César ou Moreira, retirando Roberto da ribalta e da enorme pressão que lhe assenta nos ombros. Jorge Jesus entregou a baliza a Júlio César. Roberto ficou no banco. A hierarquia da baliza mudou. Os adeptos apoiaram, aplaudiram, juntaram-se ao guardião brasileiro. Só que o futebol é um mundo há parte, uma caixinha de surpresas. Júlio César, depois de um mau atraso de Maxi Pereira e de uma atrapalhação com os pés, derrubou Zeca. Penalty, expulsão e... Roberto Jiménez na baliza: o guarda-redes vilão, sob brasas, numa oportunidade única de voltar a inverter tudo. Hugo Leal rematou com pouca força, Roberto adivinhou o lado e parou o remate. O portero, saído do banco, foi fundamental na vitória. Coisas de futebol.

NOTA: O Momento da Jornada é uma nova rubrica no FUTEBOLÊS, publicada antes da análise completa de cada ronda da Liga ZON Sagres. A imagem presente tem créditos da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

1 Comentário:

JornalSóDesporto disse...

De facto como no desporto se passa de besta a besteal.

FUTEBOLÊS © 2008 Template by Dicas Blogger.

TOPO