terça-feira, 14 de abril de 2009

O jogo mais importante sem Jesualdo

O FC Porto tem amanhã o jogo mais importante da época. Um jogo que, em caso de vitória, lhe abre as portas das meias-finais da Liga dos Campeões e, talvez, até da final de Roma. A partida de Old Trafford, culminada com uma exibição enorme, categórica, sublime dos portistas, deixou água na boca para a segunda mão. Arrisco-me até a dizer, e não serei certamente o único, que foi bem melhor a exibição do que o resultado, terminado com um empate a dois. Amanhã, no Dragão, tudo é possível e embora os portistas levem alguma vantagem não é significativa porque Alex Ferguson colocará a carne toda no assador e o jogo será naturalmente diferente. Até pelo poderio do Manchester.

As expectativas são elevadas, os adeptos têm confiança numa grande noite europeia. Porém, o FC Porto teve já uma contrariedade, ainda antes de entrar em campo: Jesualdo Ferreira, o treinador, não vai poder estar no banco. Foi castigado pela UEFA devido a um "gesto impróprio" , um manguito, no jogo frente ao Atlético de Madrid aquando da anulação de um golo a Lisandro, no jogo do Vicente Calderón. É uma situação algo delicada pois é óbvio que os jogadores se ressentem da falta do treinador, do líder, da voz de comando. Além disso, Jesualdo nem sequer poderá contactar com os seus adjuntos.

Voltando ao jogo frente ao Manchester, acredito que o FC Porto tenha boas possibilidades de passar. Não concordo, porém, que se diga que os portistas são favoritos apesar de jogarem em casa e terem vantagem na eliminatória porque os red devils são uma potência do futebol mundial, capaz de feitos só ao alcance de grandes jogadores. E o United tem-nos. Mas o FC Porto, como demonstrou em Inglaterra, também. Agora, oonho e a ambição comandam num Dragão que estará a abarrotar.

Seja o primeiro a comentar

FUTEBOLÊS © 2008 Template by Dicas Blogger.

TOPO