sábado, 11 de dezembro de 2010

Made in England: O que tens tu, campeão?

Ponto prévio: o Chelsea está definitivamente em baixo de forma. Teve, agora, mais um empate comprometedor, em Stamford Bridge, frente ao Everton. A equipa de Liverpool entrou com toda a força, carregou forte no acelerador e poderia ter chegado à vantagem cedo. Contudo, após a surpresa inicial, os anfitriões recuperaram a compostura, pressionaram, equilibraram as forças e falharam uma série de oportunidades. Aos quarenta e um minutos, o campeão chegou à vantagem: depois de uma distração de Phil Neville, Tim Howard viu-se forçado a cometer uma grande penalidade e Drogba não desperdiçou. Na segunda parte, porém, o equilíbrio desapareceu e, com o passar do tempo, o Everton foi ganhando ascendente. Já muito perto do final, Jermaine Beckford restableceu a igualdade, colocando justiça no marcador. O Chelsea é agora terceiro, com apenas mais um ponto que Manchester City - que é quarto. Dias difícies para o actual campeão. Depois de uma entrada desconcertante e audaz, o Chelsea tem apenas uma vitória nos últimos seis jogos. What's happening?

O Arsenal está, provisoriamente, no primeiro lugar, graças ao empate do Chelsea e ao adiamento do jogo do Manchester United, anterior líder, devido à neve - a vitória sobre o Fulham coloca os gunners com um ponto de vantagem sobre a equipa de Alex Ferguson. A exibição do Arsenal não foi convincente, nada disso, mas o mais importante, os três pontos, foram alcançados num jogo pintalgado de momentos cintilantes de Nasri. Os níveis de confiança estão mais elevados, contudo, nos próximos tempos, os gunners têm pela frente importantes desafios. Esta equipa ainda não está afinada, mas neste momento nenhuma da Premier League parece ter atingido a plenitude dos seus recursos. As apostas para adivinhar o futuro campeão estão agora totalmente baralhadas.

O Manchester City, outsider rico na luta pelo título, recebeu e ganhou a uma das equipas sensação do momento, o Bolton, com uma exibição segura e dominante. Um golo madrugador de Carlitos Tévez foi o suficiente para garantir a vitória, embora tenha ficado a sensação de ter sabido a pouco. O Bolton não é, no entanto, esta época, presa fácil. Os citizens aproximaram-se, assim, dos primeiros, estando a escassos três pontos do Arsenal. Finalmente o Tottenham, para não destoar, também continua a ter performances irregulares. Se no ano passado jogar em Birmingham era sinónimo de não ganhar, este ano nem por isso, excepto para o Tottenham. Os spurs são melhor equipa e isso notou-se durante o jogo. Os da casa conseguiram o empate graças a uma exibição muito esforçada, plena de garra. O empate final penaliza os visitantes mas não escandaliza. Ainda a seis pontos do topo, o Tottenham continua na luta, nem que seja por um lugar na Liga dos Campeões.

MADE IN ENGLAND: Espaço quinzenal, produzido em parceria com Armando Vieira, sobre as incidências da Premier League inglesa.

Seja o primeiro a comentar

FUTEBOLÊS © 2008 Template by Dicas Blogger.

TOPO