quarta-feira, 26 de maio de 2010

Made In England: O fim da época com o Mundial à porta

Acabou a época futebolística em Inglaterra e o Chelsea fez história. Não só pelos números com que conquistou o título mas também por se ter juntado ao restrito grupo de apenas sete equipas que conseguiram a dobradinha. Frente a um Portsmouth, que, apesar de todas as dificuldades que atravessa, se bateu honrosamente, o Chelsea juntou ao título de campeão inglês a conquista da FA Cup. Com um golo do inevitável Didier Drogba, a equipa de Ancelotti colocou mais um sorriso na cara de Abramovich e de todos os adeptos dos blues pelo feito inédito no clube de Stamford Bridge, fechando assim com chave de ouro a presente época. O que nos resta agora para o Verão? Este ano, felizmente, ainda temos muito que vibrar. Entre os jogos particulares e de preparação, as movimentações do mercado e, muito em especial, o Mundial da África do Sul, não faltarão momentos emotivos e de muito interesse aos que seguem e sofrem com o futebol.

No mercado inglês predominam, neste momento, duas grandes incógnitas. Vai Fernando Torres continuar em Liverpool? E irá Cesc Fabregas sair para o Barcelona? Nenhuma destas situações se deverá resolver antes do Mundial
. No caso do jogador do Arsenal, este já demonstrou a sua vontade de voltar ao clube que em tempos representou, mas não quer sair a mal. Nas suas palavras demonstra o respeito que tem por Arsène Wenger e pelo Arsenal, ao ponto de deixar nas mãos do seu actual clube a decisão de o libertar, ou não, para o Barcelona. Quanto a Torres a especulação é maior. O seu agente afirmou recentemente que ele vai continuar em Anfield Road. Contudo, quando confrontado com estas afirmações, o próprio jogador não foi convincente e até, de certa forma, se colocou à margem do que foi dito.

A fraca campanha do Liverpool na época que acabou, conseguindo apenas um sétimo lugar na Liga Inglesa, e as dificuldades que passou na Europa, com a eliminação da Liga dos Campeões na fase de grupos e a ausência da final da Liga Europa, deixam Fernando Torres, avançado espanhol, a sonhar com outros clubes. Quais clubes? Neste momento fala-se insistentemente do Chelsea, o que agrada muito ao jogador. Mas os milhões do Manchester City parecem também falar alto, ainda para mais quando é sabido que os donos do clube não são tímidos a investir.


Falemos, posto isto, da selecção inglesa. O particular frente ao México levantou algumas questões ao revelar debilidades na equipa orientada por Fabio Capello. A equipa mexicana sabe trocar bem a bola, com rapidez e precisão, o que levou os ingleses a fazer pouco mais que ver jogar, em especial na primeira parte. O meio-campo britânico não se entendeu e a ausêcia de Gareth Barry foi gritante. O médio do Manchester City, que teve um papel preponderante na fase de qualificação, está lesionado e em dúvida para o Mundial. Todos os esforços estão a ser realizados para que recupere, dada a sua elevada importância na selecção britânica.

Uma outra dúvida se levantou em relação a Wayne Rooney, a recuperar de uma lesão: estará ele em boa forma física em Junho? Ronney diz que sim e promete golos. A ver vamos. O último jogo em solo inglês terminou com uma vitória por 3-1 mas só com um pouco de sorte e sem domínio, já que, como se disse, esse pertenceu ao adversário. Capello não é um amador e de certeza vai corrigir os pontos fracos, garantindo que podemos assim esperar uma selecção inglesa competitiva e com ganas para se posicionar no restrito lote de equipas candidatas a triunfar na África do Sul. Ficamos a aguardar.


MADE IN ENGLAND é um espaço quinzenal, assinado por Armando Vieira, que incide sobre a época desportiva em Inglaterra

2 Comentários:

Mattos..paixaodabola.blogspot.com disse...

Habitualmente, considero a Inglaterra um outsider para os lugares de topo dos campeonatos do Mundo, mas com Capello não sei não.
O homem respira futebol e têm os livros todos...com a aplicação do "catanaccio" nesta equipa inglesa tudo é possivel.....e tem um factor importantissimo que têm faltado nos ultimos anos...disciplina e rigor táctico.....

Jornal Só Desporto disse...

Boa Crónica.

FUTEBOLÊS © 2008 Template by Dicas Blogger.

TOPO