terça-feira, 25 de agosto de 2009

Constatações (esperadas) à segunda jornada

Cumprida que está a segunda jornada, o que há a reter da Liga Sagres 2009-10? Muito pouco, até ao momento. Poucos golos, pouca intensidade, enfim, pouco espectáculo que se mistura com as polémicas habituais em torno das decisões arbitrais. Fora isso, o campeonato português pode-se dividir em dois grupos de clubes: os grandes e os outros. Os primeiros têm as maiores atenções de forma natural pois são os candidatos ao título, o céu para qualquer equipa. Nas restantes também há divisões: umas tentam chegar à Europa, outras superar o ano transacto fazendo uma época tranquila e ainda há aquelas que sabem que terão de sofrer até final para se manterem entre os melhores. Ao cabo de duas jornadas, que ilações se tiram do rendimento dos três grandes? Assim à primeira vista e atendendo à classificação, que FC Porto e Benfica se equivalem enquanto o Sporting atravessa um mau período

Nos portistas, Jesualdo Ferreira parece ter encontrado boas soluções para substituir Lucho e Lisandro, com as entradas de Belluschi e Falcao (dois jogos, dois golos). Mesmo sem ter ainda o poder de anos anteriores, este FC Porto já se mostra em bom plano. O Benfica, tem os mesmos quatro pontos dos dragões, e tem confirmado estar bem melhor do que na temporada anterior e preparado para discutir o título. Porém, não mostra o brilhantismo que o caracterizou na pré-época. Em relação ao Sporting está, sem qualquer dúvida, uns furos abaixo dos rivais. Pode ser uma situação momentânea, claro, mas há muito para Paulo Bento melhorar - também o treinador tem estado na mira dos adeptos devido às más exibições e, sobretudo, maus resultados. A derrota com o Sp.Braga, em Alvalade, trouxe más perspectivas aos adeptos leoninos.

Ora, os bracarenses têm sido o destaque deste início de campeonato pois foram os únicos que conseguiram vencer nas duas rondas e, por isso mesmo, lideram isolados. Após a desilusão europeia - o Sp.Braga foi eliminado pelos suecos do Elfsborg -, os adeptos arsenalistas voltam a acreditar que poderão ser bem sucedidos internamente. O objectivo é repetir essa presença na Liga Europa, intromentendo-se entre os grandes. Também o Nacional da Madeira parte com a mesma ambição e, por aquilo que mostrou frente ao Sporting e ao FC Porto, Manuel Machado voltará a contar com um bom plantel embora se sinta a falta de Nenê, o artilheiro-mor da época passada. Marítimo e Vitória de Guimarães, depois de terem sido presenças europeias constantes, tentarão voltar a conquistar um lugar entre os cinco primeiros depois do fracasso do ano anterior. Legitimamente.

Há, depois desses, os clubes que procurarão fazer uma temporada sem sobressaltos mas não olhando directamente para os primeiros postos. São os casos de Paços de Ferreira, Académica e Leixões. Em 2008-09, todos eles conseguiram prestações além do esperado: os pacenses chegaram à final da Taça de Portugal e, mesmo não tendo a descida a apoquentar, tardaram a conseguir a permanência e é isso que tentarão alcançar mais rapidamente; em Coimbra, Rogério Gonçalves terá uma tarefa complicada pois a herança de Domingos é pesada (sétimo lugar); os leixonenses foram a sensação da temporada anterior mas não é crível que repitam o feito pois perderam jogadores influentes como Beto e Bruno China.

Chegam, por fim, as equipas que jogam para o pontinho, procurando amealhar todos para que se mantenham: o Vitória de Setúbal que sofreu uma autêntica revolução e onde Carlos Azenha, na sua primeira passagem como treinador principal, está ainda numa fase experimental - um empate e uma derrota, bons apontamentos defensivos mas ainda muita falta de engrenagem e de fio de jogo; a Naval e o Rio Ave, sempre com o fantasma da descida a perturbar, procurarão cedo chegar à permanência e parecem ter atributos; o Belenenses, treinado por João Carlos Pereira, após anos de sucesso com Jorge Jesus, teve uma época péssima e tentará remediar essa situação de forma a conseguir ficar na Liga Sagres; União de Leiria e Olhanense, as equipas que subiram, jogarão - assim como afirmou Manuel Fernandes - para a liga dos pobres procurando cada pontinho que lhes permita alcançar o objectivo.

Seja o primeiro a comentar

FUTEBOLÊS © 2008 Template by Dicas Blogger.

TOPO