sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Foi cobardia, sim senhor!

A decisão de Scolari em nunca convocar Vítor Baía para a Selecção Nacional foi a polémica que fez correr mais tinta em Portugal, nestes últimos anos. Apito Dourado à parte, é lógico. Uma decisão que ninguém percebe.

Vítor Baía falou, ontem, pela primeira vez sobre Scolari. Sim, porque durante todos estes anos, não fez uma única crítica ao seleccionador para não criar as tais pressões. E falou para dizer que ainda espera uma explicação por não ter sido convocado e para dizer que Scolari foi cobarde. O agora treinador do Chelsea respondeu dizendo que foi apenas "opção técnica". Como é que o melhor guarda-redes da Europa não é convocado para a Selecção por "opção técnica"? Alguém percebe? Eu acho que é impossível perceber.

Depois é claro que se criam as teorias da conspiração. Ou Vítor Baía criava instabilidade no grupo; ou era testemunha de não sei o quê; ou se fosse convocado era sinal que o seleccionador estava a ceder a pressões exteriores e bla bla bla. Algumas delas ridículas. Mas afinal e, segundo Scolari, a explicação é simples: opção. Não entendo! Alguém entende?

Mas há mais. Com a chegada de Carlos Queiroz, parece que Ricardo perdeu de vez a titularidade da baliza de Portugal. Ele que era intocável para Scolari. Assim à primeira vista, pode parecer que estamos perante dois casos muito semelhantes. Mas nada disso! Ricardo não tem lugar no Bétis, o seu clube. Por isso não joga na Selecção. Vítor Baía era simplesmente o melhor da Europa. Semelhanças? Nenhumas.

Foi cobardia, sim senhor.

Seja o primeiro a comentar

FUTEBOLÊS © 2008 Template by Dicas Blogger.

TOPO